A Aldeia

A Aldeia Guarani Tekoa Pyau, localizada na Estrada Turística do Jaraguá, na Zona Oeste de São Paulo, enfrenta muitos problemas para continuar existindo. Os indígenas vivem numa situação de extrema pobreza, são cerca de 160 famílias, aproximadamente 800 índios e uma triste estatística: cerca de 350 cães e 120 gatos abandonados em estado lastimável.


Entre as principais dificuldades vividas pelos índios estão:

1. A falta de demarcação de suas terras - tendo um processo em aberto na justiça em Brasília, onde tentam tirar as terras dos indígenas, isso os impede de construir qualquer moradia de alvenaria fazendo com que eles tenham que morar em barracos improvisados.
2. A falta de sinalização na estrada - o que tem causado diversos acidentes tanto com pessoas quanto com os animais que lá vivem.
3. A quantidade de animais abandonados – a cada dia tem aumentado drasticamente o número de animais abandonados na porta da aldeia, entre eles cães e gatos, que são deixados pelos brancos para os índios cuidarem.
A vida destes animais na aldeia é muito triste, falta o básico: comida. São mais de 400 animais que não tem o que comer, não tem onde se abrigar do frio e da chuva, quem adoecem, morrem antes mesmo de serem socorridos.
Os indíos fazem o que podem, tentam dividir a comida, dar abrigo, mas infelizmente eles não tem nem para o próprio sustento.
Este blog tem como finalidade mostrar o trabalho que tem sido feito na aldeia a fim de conscientizar as pessoas não só para o abandono de animais, mas também de que é preciso preserver a rica cultura indígena do nosso país.
Um país sem cultura, sem história é um país pobre, um país triste.

Obrigada pela visita!





16 comentários:

  1. tem que se fazer um mutirão para trazer os animais aos poucos e ir castrando , nem que tiver que voltar para lá até adoção..


    Vamos divulgar ao máximo... realmente voluntários.... para tudo... trabalho de formiguinha!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamos lá mãos à obra pessoal! todos os de bom senso em ação ,compartilhem,divulguem,atitude aos homens de boa vontade!Lembrem-se que Deus não escolhe os capacitados,mas capacita os escolhidos! ELE é MARAVILHOSO em suas obras!!! Muita sabedoria de tão grande luz que ofusca os olhos humanos...

      Excluir
  2. Eu quero ir visitar vocês ,em sua casinha. Meu nome é Marina e tenho 9 anos

    ResponderExcluir
  3. Haverá um dia em que o homem conhecerá o íntimo de um animal e a partir daí toda a agressão contra eles será considerada uma agressão contra a humanidade...``Não vamos deixar isso demorar para acontecer...vejam só que está ficando pior a falta de consciência e humanidade...as terras indígenas e a cultura desses nossos irmãos deveriam ser tombadas como patronos históricos da humanidade com seu devido respeito e preservação,povo maravilhoso de humildade e fidelidade e com muito amor a todas as coisas de Deus;A NATUREZA....que é uma delas...que lamentável!Afinal temos tanto que aprender com eles que são os verdadeiros pioneiros dessas terras e sabem dos mistérios da natureza que Deus só revela pra quem tem amor e humildade assim como eles que DEUS abençõe à todos que compartilharem !VAMOS FAZER UMA CORRENTE POSITIVA PARA QUE ELES TENHAM AUTONOMIA DE SEUS DIREITOS DAS TERRAS QUE JÁ SÃO DELES DESDE OS PRIMÓRDIOS TEMPOS E VIVAM COM DIGNIDADE HUMANA Á QUE TODO FILHO DE DEUS TÊM DIREITO...SOS...SOS...SOS...

    ResponderExcluir
  4. EM NOME DO PENA BRANCA E DA SANTA SARA KALI , VENHO TRAZER AS MINHAS PALAVRAS SINCERAS E VERDADEIRAS ATRAVÉS DO MEU CORAÇÃO E DA MINHA ALMA , QUE VOCÊS TERÃO TUDO O QUE PRECISAR POR QUE SÃO GUERREIROS E MERECEM E EU QUERO CONHECER ESSE LUGAR AONDE AS PESSOAS SÃO FELIZES COM O QUE TEM !

    ResponderExcluir
  5. Como podemos entrar em contato com a tribo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ir direto la pessoalmente,falar com caçique.

      Excluir
  6. vocês tem um mapa para chegar ate a aldeia ?

    ResponderExcluir
  7. como podemos entrar em contato com alguém da aldeia? gostaríamos de conhecer e ajudar. Grato,

    ResponderExcluir

  8. Sou um fotógrafo francês que está atualmente viajando no Brasil , como parte de um ensaio fotográfico no Brasil nativa. Eu planejava ir em São Paulo na próxima semana para atender a comunidade cimeira Jaraguá para discutir a sua vida e seu estilo de vida . O meu relatório tem como objectivo ajudar os povos indígenas no meu nível , para testemunhar as condições precárias em que vivem algumas comunidades. Seria possível entrar em contato com alguns de seus comunità e ir para a sua aldeia?
    Peço desculpas por meu muito áspera Português.
    Muito obrigado,

    Antoine Buquen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I'm also trying to talk with them. I'm an educator here in São Paulo and I want to know a little bit more about the native culture of my country to hand it for my students.

      On Facebook, a woman gave me this link [https://www.facebook.com/vitor.fernadessoares?fref=ts]. According to her, Victor Fernandes is the leader of the native community.

      I don't know if you've got someone to help you or if you've just came back to French. Anyway, if you've got it, could you give it to me? I want to go there (at the community) on the next weekend.

      Thank you so much!

      Excluir
  9. Olá, estou fazendo um trabalho universitário sobre a cultura indígena.
    Moro no Jaraguá, e preciso conversar com alguém envolvido em algum projeto sobre a preservação da cultura indígena e também de algum membro da aldeia.
    Poderia me ajudar por favor?
    Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Tamires. O Instituto Rogacionista está agora admininistrando o CECI Jaraguá. Se quiser, entra em contato conosco.
      www.institutorogacionista.org.br ou 98306 4405

      Excluir
  10. Bom dia minha empresa presta serviços sociais...E podemos indicar lugares que realmente precisam de ajuda....como posso indicar e com quem falo... conheço está aldeia e sei da necessidade geral que eles tem... obrigado

    ResponderExcluir
  11. Bom dia minha empresa presta serviços sociais...E podemos indicar lugares que realmente precisam de ajuda....como posso indicar e com quem falo... conheço está aldeia e sei da necessidade geral que eles tem... obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Katia, segue o contato do líder Tupã 96173-9219. Obrigada

      Excluir